A Festa da Virgem da Candelária

A Festa da Virgem da Candelária

Todo dia 2 de fevereiro, em San Pedro de Atacama, celebramos a ‘Fiesta de la Candelaria’. A origem desta festa remonta a 1778, ano em que o almocreve Mariano Caro Inca encontrou a imagem da Virgem da Candelária na serra, perto do Salar de Maricunga. Esta descoberta atraiu a atenção dos peregrinos, que com a ajuda do pároco construíram um santuário no ano de 1800. Ao longo dos anos, a Festa de La Candelaria, padroeira dos mineiros, tornou-se uma referência popular e religiosa da região do Atacama, onde se destacam diversas atividades e danças típicas.

1 A festa dura cerca de 3 dias, onde vários grupos da região dançam a osada, a diablada, a morenada, o tinku e as tobas. Cada dança deslumbra com seus trajes, histórias, encenações e músicas, que emocionam toda a comunidade atacamena e os turistas que viajam para absorver cada experiência cultural e simbólica que este destino oferece. Depois de várias voltas pela cidade, terminam na Igreja de São Pedro, a apenas 10 metros do nosso hotel. Foi uma honra vê-los passar de nossa casa em Terrantai e agradecemos por manterem vivas as tradições do Atacama.

Deixe um comentário